Saiba como funcionam as tatuagens para olheiras

Conheça mais sobre esta técnica que está virando sensação entre as famosas.

Postado em 22/03/2018.

É fato que um dos maiores problemas estéticos faciais que incomodam as mulheres, e também homens, são as terríveis olheiras. As olheiras existem em muitos modelos e independente do seu tipo, seja ela funda, arroxeada, ou ainda mais pigmentada, elas inclusive causam diversos desconfortos.

A nova técnica para esconder os problemas nos olhos vem chamando muito a atenção nos últimos anos, a tatuagem das olheiras. A tatuagem nas olheiras é um tipo de procedimento estético polemico e que ainda gera muitas dúvidas nas pessoas. Para que você possa entender melhor o funcionamento da técnica, é possível preparar um artigo cheio de informações, e por isso procure acompanhar.

Saiba como funcionam as tatuagens para olheiras

Entenda como funciona o procedimento de tatuagens nas olheiras

O procedimento de tatuagens nas olheiras serve como uma pigmentação permanente que cobre as mesmas como uma tinta de tatuagem da cor da pele da pessoa. Como é algo definitivo, especialistas não indicam já que a pigmentação comum da pele com o tempo pode mudar, seja ela por idade ou exposição solar, e as olheiras que deveriam ser mais discretas acabam ficando ainda mais chamativas.

Um outro motivo o qual a tatuagem nas olheiras não é recomendada é por se tratar de uma área bastante delicada, e de pele fina e extremamente vascularizada, qualquer tipo de movimento brusco ou errado poderá acabar promovendo danos irreversíveis na face, ou até mesmo danos irreversíveis no globo ocular do proprietário da técnica.

Existe diferença entre tatuagem em olheiras e micropigmentação?

São diversas as pessoas que acreditam que tatuagem nas olheiras e micropigmentação servem de mesma coisa, na verdade não são a mesma coisa. As tatuagens de olheiras como explicado anteriormente se trata de um procedimento definitivo, a micropigmentação é realizada em clínicas dermatológicas com equipamentos mais delicados e apropriados, o que se trata de um tipo de intervenção temporária.

A micropigmentação ocorre de forma diferente da tatuagem nas olheiras, acaba por tingir somente a camada mais superficial da pele, além disso é feita com uma tinta menos densa, que possui uma base de glicerina, o que faz com que o organismo dias, onde a pele venha a rejeitar a coloração e expulsar a mesma aos poucos em intervalos de pelo menos 28 dias, quando a renovação das células da pele é feita.

Como não se trata de um procedimento permanente, os resultados são muito mais naturais, e o procedimento será menos invasivo e principalmente perigoso do que a tatuagem. É importante porém que ele sempre seja feito por um profissional qualificado no mercado.

Os melhores tratamentos para olheiras

Especilsitas no assunto não recomendam nem tatuagem nas olheiras nem mesmo micropigmentação, além de riscos que ambos os procedimentos podem oferecer, eles somente camuflam o problema e não o tratam. O que é realmente indicado é que se procure por um dermatologista qualificado e busque por um tratamento ideal para o seu tipo de pele, este que pode ser laser para vasos, laser para manchas, preenchimento com ácido hialurônico, peeling e cremes tópicos clareadores, entre outras técnicas.