Truques para deixar o churrasco mais saudável

O churrasco é uma paixão nacional, mas está longe de ser o melhor preparo aos olhos da alimentação saudável. Aprenda a atenuar as suas más qualidades, sem deixar de consumir carne.

Postado em 16/05/2018.

Colocar aquela maminha, picanha e cupim para assar é um sinônimo de festa para vários brasileiros. Mas é importante tomar um bom cuidado, já que expor as carnes em altas temperaturas no braseiro, faz com que a carne fique impregnada de compostos nocivos com nomes químicos complexos. Estas moléculas inclusive estão envolvidas no surgimento de tumores, existem porém algumas medidas capazes de minimizar a formação destes componentes.

Truques para deixar o churrasco mais saudável

Procure fazer uma boa marinada

Invista em uma boa marinada, procure deixar a carne de molho ao menos 30 minutos em uma solução com vinho ou cerveja, bem como temperos, o que reduz o aparecimento posterior de componentes ruins para a saúde. Além da melhoria do sabor e maciez da carne, a marinada diminui o tempo de cozimento do alimento. O banho é muito bem vindo para frangos e peças bovinas que demoram mais para assar.

Prefira os bifes ao invés de peças grandes

Uma estratégia interessante e que pode fazer toda a diferença, serve para encurtar o tempo sobre a brasa na alimentação. Quanto menos tempo a carne ficar na grelha melhor, ao invés de colocar uma picanha inteira na churrasqueira, uma boa pedida será a fatiar em bifes antes de assar.

Vire constantemente a carne

Aquele momento que o churrasqueiro fica batendo um bom papo e deixa tudo tostar não é legal. Este descuido gera uma série de repercussões em nosso corpo, a carne tostada é uma prova visível de que ela está repleta de substâncias ruins. Por este motivo, virar os bifes é fundamental para que primeiramente ocorra o selamento do mesmo, e a carne então não resseque, e para que ela grelhe de forma uniforme, sem ficar torrada demais em cada um dos lados.

Remova os excessos de gordura

A presença da gordura não influencia na formação de aminas, mas quando escorre para a brasa gera fumaça que gruda na carne e não faz bem para a saúde.

Procure apostar em um pré cozimento

Esta também é uma solução interessante para reduzir o tempo de assar, e está destinado nas peças grandes como o cupim e a costela, que poderão fazer uma passagem prévia na panela de pressão. Caso você não goste desta ideia, vale a pena cobrir a carne com papel alumínio ou celofane, auxiliando no cozimento sobre a grelha. Este processo acaba inibindo o contato com a fumaça, que é o maior problema do churrasco.

Procure deixar a brasa bem longe

Sempre que for possível, mantenha á distância, mesmo que não corra uma medida ideal, procure buscar por afastar o churrasco o máximo possível da brasa, sem que se perca o calor, a carne irá assar de uma mesma forma. É importante ter cuidado para que as chamas não atinjam o alimento e façam assim mal para a saúde.